Ganhar mais dinheiro com o Adsense parte 1: aumentando o CPC

March 25, 2020 by No Comments

Recentemente, vi no pBlog a dica de um vídeo do Youtube chamado “Google Adsense – Seminário “Otimização de Blogs”. O vídeo é um pouco longo (tem 46 minutos de duração) e eu não estava muito a fim de vê-lo por completo. Mas comecei a assistir o início e fiquei assustado, pois a maioria do que foi falado eu não conhecia. Coisas como Segmentação contextual ou Segmentação por canal de um anúncio, por exemplo, eu nunca tinha ouvido falar. Então, resolvi deixar claro, em texto, alguns pontos interessantes do vídeo e que podem ser do seu interesse, criando uma série onde, a cada novo artigo, abordarei um dos temas-chave do vídeo.

Se quiser ver o vídeo direto do Youtube, acesse esse link. Eu vou colocá-lo nesta página quando descobrir um plugin bom para isso, pois estou sem tempo agora.

O Seminário aborda praticamente tudo sobre o Adsense para blogs, mas alguns pontos, como eu disse, não conhecia, e talvez vocês não conheçam. O Guilherme dos Anjos, que trabalhou no Seminário, dividiu-o em duas etapas, falando muito sobre cada uma.

Na primeira, ele ensina a incrementar sua receita, que é calculada com base em 3 fatores: o CPC (custo por clique), o CTR (taxa de cliques) e o número de impressões de anúncios em suas páginas.

Hoje, vou comentar sobre o CPC e como melhorá-lo. O assunto é dividido em algumas etapas:

  • Segmentação de anúncios;
  • Escolha dos formato e tipo de anúncio;
  • Posição do anúncio no seu blog;
  • Filtro de anúncios;
  • Funcionamento do leilão de cliques.

Segmentação de anúncios

Os anúncios podem aparecer em seu blog de duas formas:

  • Segmentação contextual, quando um robô acessa suas páginas, vê sobre o que elas falam, e escolhe os anúncios do mesmo assunto de seus textos. Isso não é novidade para o pessoal.
  • Segmentação por canal, é quando o próprio anunciante escolhe o seu blog para anunciar pelo Adwords, pois acha que é nele que se encontra o público-alvo de sua campanha. Então, ele fará um lance, como em um leilão, para conseguir ter seu anúncio disponibilizado em seu blog. E esse leilão acontece toda vez que uma página com anúncios seus é exibida, mesmo na segmentação contextual, para descobrir o melhor anunciante no momento.

Como o anunciante encontra o seu blog para anunciar?

Para isso acontecer, você precisa estabelecer um “Critério”, na página de configuração de sua conta do Adsense. Esse critério é uma espécie de descrição da posição do anúncio em seu blog. Então, quando o anunciante usar a interface do Adwords para encontrar um blog interessante e que seja bom o suficiente para fazer um lance no leilão pelos cliques, ele verá a descrição desse seu critério e pode vir a anunciar usando a Segmentação por canal, dentro do banner de anúncio do Adsense em seu blog.

Para estabelecer esse Critério, vá na sua conta do Google, clique na aba “Configurações do Adsense” e, logo embaixo, em “Critérios”.

Então, crie um novo Critério e, no nome dele, coloque algo que descreva a posição e tamanho deste banner dentro de seu blog, bem como o assunto da página onde ele está inserido. No Seminário, foi usado como exemplo o nome “300×250 interna economia”, pois o blogueiro colocará um anúncio de 300×250 pixels em seu blog sobre economia.

Logo abaixo, deixe marcada a caixa com a opção “Segmentação”, pois só com ela marcada é que os anunciantes poderão ver o seu Critério dentro da interface do Adwords e, assim, optarem por dar um lance sobre os cliques dentro de seu blog.

Na área de descrição, você pode colocar um pouco sobre os assuntos que você escreve em seu blog,, reforçando o que escreveu no título, a fim de atrair os anunciantes de nicho semelhante ao seu. Se eu fosse criar um Critério para o Análise, por exemplo, usaria algo do tipo “um blog com dicas de SEO, Monetização e Redes Sociais, para blogueiros”, pois mostra alguns dos assuntos principais tratados por aqui.

O que você ganha com isso?

No meu ponto de vista, creio que a criação dos critérios para cada banner em seu blog pode fazer aumentar a concorrência do leilão por cliques dentro de seu blog, aumentando o valor que um anunciante paga e, consequentemente, seus ganhos.

Formato e tipo dos anúncios

Aqui, a principal técnica é utilizar um formato e tipo de anúncios que tenham muita competição entre os anunciantes, pois assim como em qualquer leilão, o Google escolherá quem paga mais pelo clique no anúncio. E, quanto mais competição, melhor fica o preço final que o Google escolherá entre os anunciantes (e maior a porcentagem que vai para o seu bolso).

No quesito formato, o melhor são os banners largos, pois a maioria dos anunciantes preferem pagar por esse tipo de anúncio. Um cabeçalho (728×90), por exemplo, fica muito visível em uma página, se for um anúncio gráfico. Isso atrai a atenção do leitor e por isso é cobiçado pelos anunciantes.

No tipo de anúncios, nunca escolha para disponibilizar anúncios de somente texto, ou somente gráfico, e sim os dois. Simplesmente porque, assim, você estará disponível a mais anunciantes e a concorrência do tal leilão aumenta, fazendo com que o valor por clique suba.

Posicionamento dos anúncios

O Google distribui os anúncios de cima para baixo, quando acessa uma página. Isso significa que o Google define que os anúncios mais ao topo de suas páginas contém um maior potencial de geração de receita. Isso significa que os melhores anúncios da página (e que anunciantes pagam mais caro por clique, rendendo mais para você) sempre ficarão no topo.

Portanto, quanto mais cliques nos banners do topo você conseguir, mais o seu CPC aumenta. Então, precisamos usar, nos anúncios mais ao topo, banners que tenham uma taxa de cliques (CTR) maior (quanto mais cliques em anúncios que pagam bem, melhor, logicamente). E para ver a taxa de cliques de um determinado banner em seu blog, você só precisa criar um Critério e ver as estatísticas dentro de sua conta. Ao fim dessa série, eu posso fazer um tutorial para explicar como fazer isso, caso vocês tenham dúvidas.

Filtro de anúncios

Este é outro ponto super interessante e que foi abordado no Seminário: no Adsense, temos a opção de filtrar determinados tipos de anúncios e anunciantes que, segundo nós, são impróprios para disponibilizar em nossas páginas.

Voltando à história do leilão dos anunciantes em busca da disponibilização de um anúncio, nós só estaremos, com os filtros, diminuindo a concorrência entre estes mesmos anunciantes, dentro do leilão. Assim, acabamos retirando sem querer possíveis anunciantes que pagem muito bem pelos cliques.

A dica  é manter a lista de filtros bem enxuta. Eu digo à vocês que podem manter essa lista sem nenhum filtro, a não ser que, por motivos maiores, realmente precisem tirar algum anunciante do leilão.

Funcionamento do leilão

Esse leilão, que é abordado frequentemente no Seminário, acontece entre os possíveis anunciantes dentro de seu blog.

No Seminário, o Guilherme explicou tudo com 4 exemplos (e você pode vê-los no vídeo, se precisar).

Nesse leilão, o Google monta uma espécie de Índice de qualidade de um anúncio, usando dois fatores para calculá-lo:

  • Qual o valor máximo que o anunciante está disposto a pagar por clique;
  • Qualidade do anúncio. Essa qualidade é, na verdade, a relevância do anúncio dentro do assunto de suas páginas.

Assim, ele cria este índice. Temos, como exemplo, o seguinte:

O anunciante está disposto a pagar $2 por cada clique, e a qualidade do anúncio (que também é medido por meio de uma espécie de índice) é 6. Assim, o Índice final deste anunciante fica em 12 (multiplica-se o valor por clique com o índice de qualidade do anúncio). E é assim que determina-se quem ficará ao topo dos blocos de anúncio de suas páginas: quem tem o maior índice final, dentro do tal leilão.

No fim, este leilão funciona como qualquer outro: quanto maior a concorrência (maior número de anunciantes aptos a anunciar em suas páginas), mais alto fica sua taxa de CPC final, e maior a porcentagem de seus ganhos.

É por isso que filtrar um anunciante é a pior coisa que você pode fazer: depois, este mesmo anunciante pode querer pagar mais por clique, ou aumentar a qualidade de seus anúncios, e você pode perdê-lo se, antes, criou um filtro para bloqueá-lo!

Essa parte do assunto é um pouco complicada, mas se você ver o vídeo, ele te esclarecerá as possíveis dúvidas que tenham surgido com este texto.

eCPM, ou CPM Efetivo

É na verdade uma formulazinha usada pelos editores, para descobrir qual anúncio rende mais. Para chegar ao eCPM, dividimos a Receita Total gerada por um banner pelo Número de Impressões que ele gerou e multiplicamos esse valor por 1000.

Veja os dois exemplos do Seminário:

1. Temos um anúncio na página inicial do blog, que gerou 370 impressões (visualizações) e rendeu $1,48. Assim, aplicando os dados na fórmula, temos um eCPM de $4,00.

2. Temos um anúncio nos posts do blog, que gerou 187 impressões e rendeu $0,97. Portanto, temos um eCPM de $5,18.

Então, supomos que o anúncio que mais rende, dentro de seu blog, é o segundo, com eCPM maior, porque ele rende mais com menos impressões (visualizações).

Resumão

As dicas principais que podemos retirar, para aumentar o CPC e, consequentemente, ganhar mais dinheiro com o Adsense, são essas:

– Crie Critérios interessantes e que sejam atraentes aos olhos dos anunciantes, para conseguir maior concorrência dentro do leilão de suas páginas. E não esqueça de marcar a caixinha de Segmentação.

– Use os formatos maiores e mais largos, porque o número de anunciantes dispostos a usar esses formatos de banners é maior, aumentando a concorrência no leilão de suas páginas.

– Use blocos de anúncios com maior CTR em primeiro lugar na ordem de sua página, de cima para baixo.

– Usa a menor lista de filtros possível, para não diminuir a concorrência de seu leilão.

E o assunto, por hoje, é esse. O CPC foi realmente destrinchado e você pode passar a conhecer muito mais como ele funciona, lendo esse artigo e vendo o Seminário. Assim, você consegue criar uma estratégia de otimização mais eficaz. Eu tentei dar uma complementada e explicar ao meu modo o que o Guilherme trata no vídeo e isso pode abrir as mentes de algumas pessoas que podem não ter entendido o que o Guilherme quis falar. Espero que tenham gostado, pois é 11 e 49 da noite e eu estou me apressando para o artigo sair ainda hoje, hehe. Abraços e até amanhã, onde eu abordarei como melhorar o CTR de suas páginas.